SALÁRIO DOS JOGADORES DE FUTEBOL

“O que você quer ser quando crescer?”. Faça essa pergunta em uma roda de crianças e ouvirá de quase todas, isso se não for de todas, a seguinte resposta: “jogador de futebol”.
E elas estão certas em sonhar. Imagina você se tornando jogador. Não necessita ficar estudando muito (com exceção de saber assinar seu nome e futuramente a língua do país onde você irá jogar), pode virar ídolo de milhões de pessoas, fazer uma atividade agradável e que muitos de nós fazemos por pura diversão, é tido como celebridade, além, é claro, de um salário astronômico.















O futebol é uma grande paixão nacional, quase todos os brasileiros são apaixonados por futebol. E o futebol é o esporte mais praticado no mundo inteiro. HÁ UM MERCADO ENORME que envolve esse esporte. Da venda de ingressos dos jogos aos títulos de sócio torcedor de cada clube, passando por venda de produtos como camisas, bandeiras etc. Quando um grande jogador é contratado, o departamento de marketing do clube logo trabalha para associar a imagem daquele jogador em tudo. Porque as pessoas compram, usam, aderem à moda, isso tudo motivado pela paixão. Paramos tudo para assistir um jogo na televisão, e às vezes, como queremos mais, assinamos o pay-per-view (pague para ver). Ou seja, nós precisamos RESPIRAR futebol. E como gastamos dinheiro por esse lazer...















Não estou julgando ninguém, afinal, sou mais um apaixonado por futebol. Considero que seja o melhor esporte que o ser humano já inventou e sempre tento acompanhar todas as partidas do meu time, e se não posso, pelo menos me atualizo DIARIAMENTE nas notícias. É inevitável. Como esse esporte nos envolve. Como nos chama. E como, ao mesmo tempo, nos faz sofrer (quando nosso time passar por uma fase ruim e temos que aguentar provocações de torcedores rivais, por exemplo).
Tudo isso é que faz o mercado que envolve o futebol ser tão grande, tanto dinheiro circular por essa área e consequentemente faz os salários dos jogadores serem tão altos. Mas a questão é: o futebol sempre foi essa paixão, sempre esteve presente no dia a dia do brasileiro. E antes os salários estavam longe de ser tão astronômicos. Então o que mudou? O mundo ficou mais globalizado, as empresas começaram a investir nos clubes e nos jogadores, a imagem dos jogadores ficou mais ligada aos produtos, a televisão teve que começar a pagar pelos direitos de transmissão etc.






















Obviamente vida de jogador de futebol não é perfeita. Você primeiro deve ter habilidade, pois não é qualquer um que consegue (os “pernas-de-pau” que vemos por aí, muitas vezes, estão por conta de empresários). Deve conviver com uma vida de treinos, sujeito a contusões, pressão quando se está jogando por um grande clube, viver viajando, e estando nas concentrações, passar algum tempo longe da família. Além, é claro, de que é uma carreira curta. Os jogadores começam profissionalmente em média, por volta dos 20 anos e se aposentam, ainda em média, por volta de 35. Ou seja, são mais ou menos 15 anos para se construir uma carreira.
















Mas mesmo assim, o salário de um jogador é algo absurdo. Para se falar de números, o salário de Fred no Fluminense em dezembro do ano passado era de R$ 400.000. Obina que já chegou a ficar seis meses sem marcar um gol sequer, já chegou a receber R$ 80.000 pelo Flamengo. Leandro Amaral, na época que defendia o Vasco recebia R$ 100.000. E não se limita apenas a jogadores. No mesmo Vasco, Dorival Jr recebia cerca de R$ 280.000 e há meses atrás o Inter chegou a fazer uma proposta a Felipão que girava em torno de incríveis R$ 700.000. E isso aqui no Brasil. Na Europa é muito mais. O jogador mais bem pago do mundo em 2010 foi o português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, que recebe € 1.083.000. Cristiano também foi o jogador mais caro que um clube já gastou em uma contratação. Foram pagos € 94.000.000 ao Manchester United pelo passe do jogador.















E isso não se limita ao futebol. Em 2008, Kobe Bryant (astro dos Los Angeles Lakers) chegou a receber US$ 21.262.500,00. Segundo a Forbes, o golfista Tigger Woods já acumulou uma fortuna de mais de US$ 1.000.000.000. Entre junho de 2006 e junho de 2007, Roger Federer recebeu US$ 29.000.000. Entre muitos outros casos.
Para você ver o poder que o esporte tem.















Um soldado da Polícia Militar no Rio de Janeiro, após 3 anos de serviço recebe R$ 900,39.
Já para professores, no Estado do Rio de Janeiro, para uma carga horária de 40 horas o salário base é de R$ 896,48
A formação como cirurgião dentista dura 5 anos e um salário médio inicial varia entre R$ 2.200,00 a R$ 2.900,00.

Não desmerecendo os esportistas, mas essas profissões também não são nada fáceis, algumas até se corre risco de vida, e o salário que recebem é muito abaixo do que merecem. Muitos vão pensar: “mas aí é com o governo, o atleta nada tem a ver com isso”. Sim, é verdade, por isso, é também uma crítica aos governos que remuneram mal os empregados públicos. Mas o que me refiro é, mesmo carreira de esportista não sendo fácil, o salário que recebem, na minha opinião, é algo absurdo. Claro que eles precisam receber bem para desfrutarem após sua aposentadoria, mas um golfista chegar a ser bilionário, por apenas jogar golfe, enquanto inúmeros cirurgiões se matam de estudar, trabalhar, e sem poder errar, porque qualquer erro é crucial... A maioria sequer conseguirá chegar perto dessa fortuna toda. É injusto.

O esporte salva vidas, tira muitas crianças do crime, realiza sonhos e é ALGO FUNDAMENTAL NA NOSSA SOCIEDADE, mas não deve ser tratado como algo supremo, acima dos nossos problemas, e sim como uma forma de lazer. Foram esses salários astronômicos que fizeram com que muitos jogadores pensem antes com a carteira do que com o coração. O amor à camisa ainda não acabou, mas a cada dia que passa se torna mais raro, e é iminente que diminua cada vez mais. Os jogadores das divisões de base já sonham em estrear em seus clubes e irem direto para a Europa. Tudo por dinheiro.
Devemos rever nossos valores. O dinheiro é algo fundamental em nossas vidas, porque ninguém vive sem dinheiro, mas devemos ver que ele não é tudo. Não devemos tomar certas escolhas pensando apenas em como aquilo fará bem a você monetariamente, mas sim pessoalmente, em como isso irá te acrescentar e te transformar em um ser humano melhor e mais feliz. Viva as coisas simples da vida.







50 Response to "SALÁRIO DOS JOGADORES DE FUTEBOL"

  1. O "Esporte" salva vidas, e MATA também. O caso Bruno está ai para ser associado DIRETAMENTE a falta de controle que existe no mercado da bola... Falta de controle PRINCIPALMENTE financeiro. Rios de dinheiro caem do CÉU na mãão de crianças paupérrimas, que muitas vezes nunca tiveram o que comer, e de repente se veem invejadas, glamurizadas, e tratadas como REI... SEM O MENOR ACOMPANHAMENTO PSICOLOGICO E SOCIAL. Acho absurdo demais os salários pagos em clubes brasileiros (NA EUROPA EU NÃO OPNIO, NÃO MORO LÁ E NÃO ME INTERESSO PELOS INTERESSES DELES), mas aqui? Com tanta fome, tanta desigualdade, e jogadores de futebol ganhando 200, 300 mil reais?
    Enfim...
    Estou seguindo, segue tambem? Agradecemos de todo o coração a sua retribuição. MESMO!
    Adorei o blog, escreves bem :)
    Saudações COloradas!

    Salário de jogador de futebol é algo extremamente injusto, na minha opinião. Porém, envolve muitos patrocionadores, empresários etc. por isso é alto.
    http://concordeounao.blogspot.com/

    diano says:

    Saúde, Lazer e Trabalho, quanto s benefícios um esporte pode trazer ne ;D

    absurdos

    HJ EM DIA ELES GANHAM MUITO E JOGAM NADA ANTIGAMENTE ERA O CONTRARIO.

    andrei M. says:

    Trata-se a profissão de jogador de futebol, como se estivesse salvando vidas. Nunca vi nada demais nisso.

    Juηiøя says:

    Eu comentei no outro post

    mas ja que vc quer aki lá vai

    eu sonho em ser jogador do barcelona e ganhar a champions league

    vendo este post da mais vontade ainda parabens pelo post e pelo blog

    visite: http://adolescente-antenado.blogspot.com/

    ora meu caro, o que pode parecer fácil, o que se tem toda uma cultura a respeito. se Fosse investido em cultura e em educação quem sabe eles não quereriam ser escritores, atores e outros

    Acho ridiculo esses salarios, o que deve ser valorizado não recebe atenção
    ;**

    Ronaldo says:

    Eu nunca sonhei em ser jogador de futebol. Nem gosto de futebol.
    É claro que os salários fazem nossos olhos brilharem mas como não gosto não seria um jogador de futebol.

    Lucas says:

    É absolutamente rídiculo os salários. Salário (dinheiro em si) é uma moeda de troca, pura e simplesmente, que representa o seu valor. Um jogador vale 300.000 para a sociedade, e um professor, que lhe ensinará a ser gente, vale 800? Algo está um pouquinho errado, né?

    Parabéns pelo texto. Eu era um apaixonado pelo futebol quando criança. Quando cresci e descobri esse e outros detalhes, passei a ter raiva... =/

    automidia says:

    Não critico os jogadores pelos salários absurdos!

    Se é que se pode culpar alguém por esse excessos, que culpe-se a paixão do planeta inteiro pelo futebol.


    Muito legal o blog!
    ABraço

    ¬
    Passa no meu se puder!

    São muito poucos jogadores que chegam ao status de super estrela...
    Perseguir o sonho é importante, mas não fugir da realidade também é.
    Quanto aos salários... Não sei se posso criticar, afinal os atores Hollywoodiananos e muitas estrelas pop alcamçam valores absurdos também...
    ;D

    Suka says:

    Cara bom, muito bom mesmo seu blog. Com relação ao post, não vou dizer que AMO o futebol, também não ODEIO . É indiferente até citarem os salários dos jogadores que acho um absurdo . Vejos os médicos, professores, até mesmo jornalistas entre outros profissionais que têm grande influencia na sociedade receberem nem um terço que os jogadores recebem. Tudo bem eles se cansam e lutam por nomes, titulos, por mais que isso não me inclua nem me acrescente em nada tirando o fato de ser brasileira. Acho sim que eles mereçam uma recompensa, um salário, não deixam de ser "trabalhadores" porém, acho injusto demais . O cara jogador não é melhor ou pior nem faz mais que o médico ou o professor, e recebe um salário absurdo. Tantas coisas que precisam ser melhoradas e essa divisão ingrata . Bom acho que já deixei clara minha opnião, poderia até argumentar mais, vejo desnecessário. Rafael Leon, muito interessante seu blog e de grande conteúdo . Se seu sonho é ser jornalista vá em frente, não desacredite e nem deixe que te convençam a desistir, como diz Paulinho Moska, "Sonhos são como deuses, se não acredita neles deixam de existir..." Então acredita você tem talento . E esse elogio vem de uma pessoa muito critica, não perderia tempo aqui se não fosse bom . Se cuida sucesso .

    Acho um absurdo os salários de jogadores, mas fazer o que isso envolve tantas coisas, acho que outras profissões deveriam ser mais valorizadas.

    Rafael says:

    Suka, não costumo responder os comentários para não ter um número "irreal" de comentários aqui sendo que seriam muitos meus, mas esse eu não pude deixar de agradecer. Muito obrigado mesmo, de coração, porque são comentários assim que me motivam a continuar, a seguir em frente. Muito obrigado mesmo pelo comentário.

    A conta é simples: acabar com a corrupção na política, diminuir os salários dos esportistas = mais dinheiro para aumentar o salário mínimo.

    ^-^¨cat says:

    pois é, e meninas geralmente querem ser modelo. É legal que cada um siga seu sonho mas quando todos sonham a mesma coisa nao é tao legal... existe um mundo lá fora com infinitas opçoes e algumas muito boas tambem

    Nelson Sakaguti says:

    Você compara o salário de jogadores como o C.Ronaldo com médicos e professores, mas se lembre que jogadores como ele aparecem na proporção de 1 para cada bilhão de pessoas. São a nata da nata do esporte. Não só nasceram com o dom, mas também foram incentivados pelos seus pais e professores, que muitas vezes sacrificam suas parcas economias incentivando o dom do garoto. Jogadores de futebol vivem lesionados, e quando erram, muitas vezes viram vilões (Felipe Melo, Dunga em 90, Zico em 86). Acredito que eles merecem o salário, e também que há muito preconceito em relação aos jogadores de futebol, vistos ainda como ¨pessoas que se acham¨. Ronaldo Fenomeno foi muito criticado há alguns anos por ter comprado uma Ferrari aqui no Brasil. No entanto nunca vi um médico ser criticado quando compra uma Mercedes ou uma BMW. Além disso, se o atleta não recebe um salário alto, para onde vai parar o dinheiro? Nas mãos dos empresários? No bolso do presidente do clube? Ou do Ricardo Teixeira?

    O Governo prefere investir em Futebol porque é o Circo perfeito....o povo fica iludido e pensa que tá com a vida perfeita porque o timão ganhou no domingo.

    Afinal de contas quem precisa de professores e médicos?o importante mesmo é o futebol...

    nussa q grana preta
    seguindo
    xD


    http://vagalnerdkawai.blogspot.com/

    Rafael says:

    um varredor de rua, que ganha menos que um salário mínimo pra sustentar uma casa com 4 pessoas é mais honesto que um jogador de futebol. Quem sabe até mais feliz!

    ótimo texto ^^

    um abraço


    www.suportedamente.blogspot.com

    É isso que retrata ser o país do futebol. Eles nasceram com talento, sem dúvidas, mas merecem mesmo ganhar tanto a mais que uma pessoa que passou 5 anos em uma faculdade, que se especializou em varias coisas e que tem cultura e noção? Acho que as profissões em geral aqui no Brasil são muito desvalorizadas. Bola no pé vale muito mais.

    Cara nunca quis ser jogador de futebol,sempre tive vontade de ser médico, porem sempre admirei esse esporte, pra falar verdade realmente os salários são absurdos, mais porque rola muito patrocínio, a mídia está em cima, transmite os jogos em grande escala, e todos os times vem com diversas marcas estampadas em seu uniforme, acho que talvez se um jogador de futebol ganhasse pouco talvez não teriamos a oportunidade de presenciar esse lindo espetaculo que é o futebol, porem é lógico que outros esportes precisam de renda, como o judô por exemplo, entre outros que são esportes com poucos recursos e que deviam dar mais expressão pra eles na mídia e não somente ao futebol.

    BOm... só discordo em uma coisa. Jogar de futebol tem que estudar sim. Se não viram esses manés que são roubados pelo empresário e depois ficam chorando nos programas da tarde da tv.

    Lidianni says:

    Realmente, o que os jogadores ganham é um absurdo, como você mesmo disse não é desmerecer o trabalho deles, mais um jogador ganha para "Brincar" porque fazer algo que seria um lazer, não é necessáriamente um dito completo "emprego" sendo que pessoas que "ralam", "estudam", correm atrás ganham uma "mixaria"; não que para ser um jogador não tenha que se lutar tbm, pois são treinos, busca de patricionadores, o trabalho de repassar confiança a quem te ver jogar; mais é diferente milhões e milhões mesmo mereceriam os médicos e policiais, uns estudam tanto que chegam comer os livros para salvar vidas, porque eu não acredito que alguém vá estudar para ficar exposto a pessoascom doenças graves, ferimentos graves para um salário melhorzinho, mais sim pelo amor a vida, por querer salvar vidas, e um policial? R$ 900,00? Será que alguém que põe sua vida em risco diariamente, merece só isso? 900,00 que dá basicamente pra comida e vestimenta, e cade odireito de conforto que eles merecem quando chegam em casa em mais um dia de VITÓRIA? porque os jogadores tem suas vitórias em um jogo ou outro, ja policiais, tem vitórias diárias, pois no Brasil, um policial chegar vivo em casa depois de um dia de trabalho é uma vitória, bem é nesses momentos que vemos o descontro de renda no Brasil :}

    Ps. demorei porque eu li 3 vezes e demorei formular minha opnião :D

    C.Ronaldo caga dinheiro = fato!

    Juηiøя says:

    Seu blog é bom


    atualize ele sempre

    visite: http://adolescente-antenado.blogspot.com/

    Anônimo says:

    realmente os salarios dos jogadores....sem comentarios

    eh por isso q tem mt vagabundo tentando ir pro esporte, as veses tem um sonho e por isso nem vai pra escola

    Oliver says:

    Adorei o post e confesso que já quis ser jogador de futebol, mas meus pensamentos e objetivos ja mudaram haha :D

    Gui says:

    É mt granané?
    não sei como o Bruno pode desperdiçar essa vida dele.. :/

    sim, tem muitos "moleques" que não quererm esudar e dizem que vão sser jogadores de futebol quando crescer, e assim construir uma vida digna

    este texto mostra o quão enganados eles estão

    ja sigo seu blog, e vc tem futuro como jornalista hein

    se quiser passe no meu
    http://alem-da-pele.blogspot.com/

    Salários oabsurdos, mais faz parte, né?!
    Parabéns pelo blog.

    Cansei de ouvir piadas do tipo "Quer ser rico sem trabalhar então vira jogador de futebol". Não é bem assim. HAHA' Parabéns!

    Verdelone says:

    Nossa, mas esses esportistas ganham tão pouco...heheheehehehe
    Absurdoooo fora da realidade...
    Abçs
    CIA DOS BOTECOS - www.ciadosbotecos.blogspot.com

    Isto é uma das discussões que não tem fim..

    Primeiro quero te dar parabéns, tu apresenta o contexto do tema de forma clara e coesa.
    Sobre o tema em si, acredito que nós brasileiros nunca vamos nos acostumar com injustiça, motivo pelo qual discutimos de forma incansável. Eu aceito os absurdos do futebol, mas se houvesse um pingo de paixão pela camiseta. Há jogadores que valem os milhões que ganham, outros, sequer nossa citação.
    Bjka
    http://nine-ano1.blogspot.com/

    L ine says:

    Queria ser jogadora de futebol só pra ser milionária HDOISHDIOSHIODHISOHDIOS

    Artie says:

    eu queria ser um jogador de futebol pra ganhar toda essa grana com algo que eu gosto
    ahahaha

    certamente é + do q eles merecem

    FILhote says:

    un verdadeiro absuro esses salarios
    absurdo pq nao sou eu quen recebe rsrsrs
    brincadeira
    realmente ten muita gente que deveria receber mais do que recebe

    o amor vale por tudo

    greg says:

    A diferença de salario entre as classes é muito grande cara!!gostei muito do texto, explica bem essa diferença
    http://naosentindo.blogspot.com/

    muito bom o texto, bem informativo gostei mesmo, muita coisa eu assumo que não conhecia, até porque não curto muito futebol, mais conhecimento é conhecimento, não é mesmo?

    http://bonecozumbie.blogspot.com

    Eu amo futebol. Assistir, não jogar, claro, haha
    Mais, cada uma! Acho um absurto um jogador receber isso.. Reclamo dos salários das modelos, mais os dos jogadores é o triplo do salário de um ano de uma modelo, haha

    Anônimo says:

    O JUSTICEIRO disse...


    tudo que foi dito,todos os comentários são
    realmente expressivos,porém,todos devemos lembrar antes mesmo de fazer nosso julgamento que os jogadores ou os clubes não são os culpados,tudo gira por motivo de uma força motriz chamada MIDIA,o futebol como ja foi dito acima é um esporte que influencia as pessoas,sendo assim os amantes deste esporte não medem esforços para poderem acompanhar ou simplesmente ter qualquer objeto que se relacione ao futebol,muitas pessoas as vezes deixam de comprar comida ou deixa de dar um presente a seu filho para poder comprar uma camisa oficial ou assistir a um jogo,e se apegam a um ou outro jogador,e nesse frenesi não pensa duas vezes em tirar do seu curto salário para "investir no futebol",alguns matam,outros morrem,tudo em detrimento desse adorado esporte,jogadores famosos vivem como verdadeiros reis,não se importando muitas vezes com seu irmão que vai dormir sem jantar,ora,más afinal,de quem é a culpa por tudo isso?,não precisamos usar outros paises como exemplo,basta olharmos para o nosso,e ver que pessoas vivem na miséria,com seus filhos nus,doentes e famintos,o próprio governo incentiva o futebol para que a sociedade nâo observe o que está acontecendo na realidade,os policiais são mal pagos e assim muitas vezes se corrompem talvez com uma suposta revolta por seu não reconhecimento,nos hospitais os profissionais de saude nâo têm tanto amor ao próximo,pois trabalham quase sem equipamentos e são também mal pagos,jogadores de futebol quando vão para uma boate de luxo para se divertirem nâo se preocupam em gastar 3,5 ou 10 mil reais em apenas uma noite,enquanto existem pessoas que estão por perto para talvez colher algumas de suas latinhas de cerveja ou de enérgetico para vender e comprar um pouco de comida para sua familia,e tudo isso me faz refletir,como uns têm tanto,e outros não tem nada,más afinal,existe algum culpado por salários absurdamente altos assim???

    Nussa gostei desse texto, sou fanático por futebol e tbm concordo q dinheiro naum é tudo, existe coisas melhores na vida!!!! esses caras deviam tentar fazer histórias em um time, tornar ídolo, honrando a camisa....agora ficam trocando de time só pelo dinheiro! enfim vc tem talento para ser um grande jornalista....Boa sorte!!!!

    Anônimo says:

    Eu também acho ridículo os salários pagos para jogadores de futebol, não acho que eles mereçam tudo isso pelo que fazem.

    Eu nunca fui fanático por futebol, mas acompanhava. A alguns anos eu meio que me revoltei com esse sistema, e decidi o meu dinheiro eles não vao ganhar, simplesmente abandonei o futebol, quando alguem me pede que time torço eu respondo, mas nao faço a menor ideia se ele está indo bem ou não, pois simplesmente nao me interessa mais. Não leio mais nada a respeito, e nao gasto meu dinheiro com absolutamente nada que tenha relaçao ao futebol, nem a copa do mundo eu acompanhei, só assisti a final.

    Não entendo nada de futebol e na minha opinião não faz falta nenhuma nesse planeta, acredito que qualquer esporte deveria ser apenas para lazer ou para saúde e mesmo assim somente os formados na área de fisioterapia e medicina do esporte e não profissionalizando o jogador, porque toda vez que for remunerado vai acontecer isso. Sei que é uma perda de tempo total queremos mudar isso e nem adianta tanta gente pensar igual sendo que a grande maioria, mesmo achando absurdo essa situação, ajuda a financiar esses salarios cada vez que assistem jogo na tv, cada vez que vão aos estádios, cada vez que compram algo por conta de midia.
    È realmente mais que absurdo, é ridiculo num país como o Brasil, com tantos médicos com salarios de fome, depois de tanto estudo e com a responsabilidade de vidas nas mãos , enquanto esses salários astronòmicos para semi-analfabetos (como alguns politicos também) e serem tão bem remunerados por algo que fazem e não repercute a mais ninguém que não seja a eles mesmos. qual profissão só ha um beneficiado? só eles mesmos? qualquer profissão a gente trabalha para ter um salario e essa profissão envolve fazer algo para alguém (seja serviço ou produto de consumo) mas exite uma troca, mas jogador de futebol "trabalha" só em pról dele mesmo, pra usar o R$ pra ele mesmo e não envolve trablhar para ter essa troca de PROFISSIONAL BENEFICIADO...quem se beneficia com o "trabalho" deles?

Postar um comentário

Powered by Blogger